quinta-feira, 8 de maio de 2014

Dep. Daniel Almeida comemora piso de R$ 1.014 para agentes comunitários de saúde‏



O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (7) proposta que fixa em R$ 1.014 o piso nacional para os agentes comunitários de saúde e de combate a endemias, com jornada de 40 horas semanais.

O deputado federal Daniel Almeida (PCdoB-BA) comemorou a vitória dos trabalhadores. "Foi uma sessão histórica. é uma luta de mais de seis anos. Eu acompanhei desde o primeiro momento. Quero comemorar esta conquista com todos os agentes de saúde do Brasil", afirmou Daniel.

Para Daniel, a atividade dos agentes comunitários de saúde é absolutamente indispensável para consolidar as políticas do SUS, em todo o território brasileiro. "Estes profissionais são fundamentais para fazer a saúde pública atingir os lugares mais distantes do país, onde só os agentes conseguem chegar. Por isso, entendo que a aprovação desta matéria é um reconhecimento à importância destes profissionais", destacou o deputado baiano.

Ajuda da União
A carreira de agentes comunitários foi regulamentada pela Lei 11.350/06, que permitiu a regularização dos funcionários contratados no âmbito da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e estabeleceu as diretrizes para contratação nos estados e municípios.

Para ajudar no pagamento dos novos salários, o projeto atribui à União a responsabilidade de complementar 95% do piso salarial. Em decreto, o Executivo federal poderá fixar a quantidade máxima de agentes que poderão ser contratados com o recebimento do auxílio financeiro da União.

Incentivo financeiro
O texto aprovado cria um incentivo financeiro a ser pago pelo governo federal aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios para fortalecimento de políticas relacionadas à atuação de agentes comunitários de saúde e de combate às endemias.

Segundo emenda acatada, esse incentivo deverá ser de, no mínimo, 5,3% do valor repassado pela União a cada entre federado e, no máximo, de 40% desse valor.

Um decreto deverá fixar os parâmetros para a concessão do incentivo e o valor mensal do incentivo para cada município ou estado. Se o decreto não tiver sido editado, o seu valor será de 5,3%, o mínimo estipulado.

O substitutivo da comissão especial para o projeto estipulava os índices de 5% a 15% do valor repassado.

Tanto o complemento de salário quanto o incentivo serão repassados pelo Fundo Nacional de Saúde na forma de transferências correntes, regulares, automáticas e obrigatórias. Essas transferências serão em 12 parcelas mensais mais uma no último trimestre do ano.

Embora o dinheiro repassado aos entes federativos possa ser usado nas políticas do setor como um todo, o projeto permite seu uso no pagamento dos salários dos agentes comunitários, pois determina que, se isso ocorrer, a assistência financeira usada para esse fim deverá constar como despesa de pessoal na obediência aos limites previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar 101/00).

Planos de carreira
O projeto dá o prazo de 12 meses, contados da publicação da futura lei, para que estados, Distrito Federal e municípios elaborem ou ajustem os planos de carreira dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias segundo as novas diretrizes estipuladas no texto.

Entre essas diretrizes estão: remuneração desses agentes; definição de metas; critérios de progressão e promoção; e adoção de modelos e instrumentos de avaliação adequados à natureza das atividades.

Endemia ou epidemia
A partir da nova lei, a contratação temporária ou terceirizada desses agentes, permitida pela Lei 11.350/06, poderá ocorrer somente no caso de combate a surtos epidêmicos – quando uma doença de caráter transitório ataca grande número de pessoas em um local ao mesmo tempo.

Atualmente, a contratação é permitida apenas para surtos endêmicos – quando uma doença infecciosa ocorre habitualmente e com incidência significativa em certa região (malária na Amazônia, por exemplo).

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Deputado lamenta retirada do PL dos agentes de saúde da pauta

O deputado federal Daniel Almeida (PCdoB-BA) lamentou a decisão de retirar o projeto (PL 7495/06) que fixa o piso nacional e plano de carreira para os agentes comunitários de saúde e de combate a endemias, da pauta de votação da Câmara dos Deputados. A decisão aconteceu na tarde desta terça-feira (06). A votação estava prevista, mas segundo informações da Agência Câmara, o projeto foi retirado de pauta a pedido do governo.  Segundo o parlamentar, a decisão do governo é apenas para esclarecer alguns pontos do PL. 
Pronto para ser votado
A matéria tramita desde 2006. A proposta já foi retirada de pauta várias vezes. Em outubro de 2013, no entanto, houve um acordo entre os líderes, de votá-lo este ano.  Para Daniel, o projeto já foi debatido e avaliado à exaustão e está pronto para ser votado. Em encontro com cerca de 100 agentes comunitários baianos, que estão em Brasília, Daniel afirmou que reforçará o pedido junto à presidência da Casa para que o projeto retorne à pauta ainda esta semana. Daniel aproveitou para declarar total apoio à aprovação da matéria.  “Estou com os agentes comunitários. Não vejo o porque não votar”, afirmou.  
“O agente de saúde é um elemento importantíssimo para o avanço das políticas de universalização da saúde, por isso, este profissional dever ter uma remuneração digna e uniformizada”, defendeu .  Os agentes querem piso nacional com reajuste nos moldes do salário mínimo. Mobilizados para acompanhar a votação do PL, agentes comunitários de saúde e de combate a endemias demonstraram certa frustração. “Estamos aguardando a aprovação desta matéria com ansiedade. Ele vai mudar a vida de mais de 40 mil agentes espalhados em todo o Brasil”, afirmou Roberto Lima, presidente do sindicato dos Agentes de Saúde e Endemias do Sul da Bahia (Sindiacs/ace). 
PL de interesse dos agentes 
O deputado Daniel é autor de outro projeto de interesse dos agentes comunitários de saúde e combate às endemias. O PL 6129/06 que permite ao agente, morar em outra localidade diferente da que trabalha. A exigência de morar na mesma localidade foi estabelecida através da Lei 11.350/06. “Essa alteração é importante, pois, em muitos casos, esses agentes são obrigados a fixar residências em localidades onde não existem imóveis para locação. Além do mais, há casos em que, para não perder o emprego, agentes comunitários têm que morar na casa de parentes após o casamento”, justifica o parlamentar.

Fonte: Geraldo José

sábado, 12 de abril de 2014

A CORDA SEMPRE ARREBENTA DO LADO DO MAIS FRACO.


O prefeito de Remanso Dr. Celso Almeida, iniciou uma “reforma administrativa” em sua calamitosa administração. O que foi anunciado que seriam medidas para retirar as contas da prefeitura do vermelho, não passou de mera perseguição a funcionários aposentados e que ainda mantinham vínculo com a municipalidade. Acontece que a grande maioria dos aposentados que foram exonerados, são servidores que ganham 01(um) salário mínimo, mas que exerciam suas funções. Os servidores exonerados, foram surpreendido com a demissão, sem que houvesse qualquer comunicação prévia ou mesmo um processo administrativo, causando grande dissabores, pois tinham empréstimo consignado na CEF e não sabem como honrar com este compromisso, dentre outros. Se o sr. Prefeito, pensou em ajustar as contas do Município com esta medida, nota-se que foi de uma infelicidade sem tamanho, pois os mesmo exerciam funções, que necessitam de substituto imediato, pois a continuidade do serviço assim reclama, a exemplos da agentes comunitárias de saúde, merendeira, porteiro e etc , sendo necessário a contratação de outros servidores para substituí-los. Se realmente desejasse cortar gastos públicos com pessoal, o senhor, Prefeito deveria exonerar centenas de servidores de cargos comissionados, que não tem nenhuma atividade e ganham salários polpudos, sendo muitos deles também aposentados, mas continuam com seus privilégios. Se sr. Prefeito, realmente desejasse retirar a Prefeitura da situação em que se encontra, fazendo uma reforma administrativa séria, com a extinção de algumas secretarias, que foram criadas exclusivamente para apadrinhar candidatos a vereador derrotado na eleição passada, assim como extinguir centenas dos cargos comissionados criados e rescindir e rever a maioria do contratos de prestação serviço que são lesivos a municipalidades.  

terça-feira, 8 de abril de 2014

CASA DE APOIO DE REMANSO EM JUAZEIRO ESTÁ PRESTES A SER FECHADA.




A casa de apoio de Remanso em Juazeiro, destinada a receber pacientes de Remanso que se deslocam para aquela cidade para fazer tratamento de saúde, assim como seus acompanhantes, está prestes a ser fechada. Com atraso de 03 meses de aluguel do imóvel e com  o fornecimento de água cortada, a proprietária do imóvel solicitou a responsável pelo  da prefeitura que o desocupasse imediatamente. Um paciente e sua acompanhante que estiveram recentemente no imóvel e que não quiseram se identificar, informaram que o imóvel estava inabitável ante o mau cheiro que saía do banheiro. Segundos o paciente, a situação não é pior por que a responsável em cuidar da casa de apoio, reside vizinha a casa de apoio e tem fornecido água, em baldes para os pacientes e seus acompanhantes tomarem banho, dar descarga no banheiro, como também para o consumo.  

sexta-feira, 4 de abril de 2014

PREFEITO CELSO TOCA FUNERAL DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DE REMANSO

Já faz mais de um ano  de governo Celso e até o momento sua gestão passa despercebida pela população. O sentimento de frustração é geral e gerou um vazio desolador na cidade. É uma gestão ausente e fria, sem propósitos, sem responsabilidades maiores, a não ser a manutenção de interesses do grupo politico que está no poder há mais de nove anos, liderado pelo ex-prefeito Zé Filho.  O governo Celso é apenas  uma continuidade deste grupo, com as consequências desastrosas herdadas do governo Zé Filho, que entregou ao seu sucessor uma Prefeitura financeiramente desmantelada pelos privilégios viciados e despesas enormes com a politicagem e a corrupção, numa irresponsável sangria de recursos públicos.  Assim, Z é Filho entregou a Prefeitura já com a vela na mão, e seu grupo politico seguindo no poder a devorar o cadáver da mesma. O prefeito Celso está inerte, apenas celebrando a missa de corpo presente. Isso porque Celso não pode abrir o bico e dizer que recebeu das mãos de Zé Filho uma prefeitura já quebrada, com salario atrasado do mês de dezembro, devendo os empréstimos consignados dos funcionários, despesas inchadas, convênios inadimplentes, dividas monstruosas com o INSS, ,impedida de realizar novos convênios com o governo estadual ou federal. Ele falar isso seria um chega-pra-lá no grupo de Zé Filho que continua participando do governo.  Enquanto Zé Filho governava com recursos dos governos estadual e federal, através de  convênios, fazendo crer que eram obras  de seu governo , o governo Celso tem que amargar calado porque já recebeu o município no vermelho, impedido de realizar convênios.
Diante desta situação, o governo Celso tenta se salvar com jogadas de bola murcha. Criou cooperativas de fachada para terceirizar os serviços públicos, através de licitações arrumadinhas, no intuito de burlar a lei e negar o pagamento de salário minimo e outros direitos para os servidores contratados.  Demite sumariamente  servidores contratados, inclusive os aposentados. Levou a leilão o maquinário da prefeitura, alegando que era melhor contratar empresas pra realizar obras de terraplanagem e construção. E ficou sem maquinário, sem dinheiro e sem obra. A limpeza publica continua sendo feita pela empresa do seu cunhado, de forma precária, o lixo amontoado nas ruas, apesar  do valor absurdo pago a esta empresa. O matadouro publico continua fechado e interditado por tempo indeterminado, causando transtornos para os açougueiros  e colocando em risco a saúde da população. E por ai vai. é um verdadeiro desgoverno.
Enquanto isso, o ex-prefeito Zé Filho posa de mocinho como se não tivesse nada a ver com esta situação caótica. Mas  ele  foi o principal aliado na eleição de Celso, seu grupo participa do governo Celso, e entregou uma administração abacaxi pra o Celso descascar.  E logo que Celso assumiu o governo, o ex-prefeito Zé Filho sai as ruas dizendo que será candidato nas próximas eleições municipais, num gesto de deselegância e prepotência, até mesmo de desrespeito com o novo prefeito aliado.
Por sua vez, Celso se obriga a ser leal a Zé Filho, não mexe nos calos do ex-prefeito.para continuar apoiado pelo grupo. Celso  criou um saco de secretarias sem finalidades nenhuma, apenas para sustentar em cargos a turma de Zé Filho, comendo o dinheiro publico sem nada fazer pela população. Cada passo do governo Celso é no sentido de sacrificar os serviços públicos e negar os interesses do povo, para salvar os privilégios da politicalha que reina em Remanso há quase uma década. Assim, Celso, deliberadamente, se torna cada vez mais desleal com o povo remansense.
Somente um novo projeto politico construído com o povo, coordenado por novas forças politicas, será capaz de colocar o nosso município no caminho do desenvolvimento e resgatar a vida publica com valores de seriedade, de democracia , de coragem para vencer desafios para promover o progresso e qualidade de vida para os remansenses.


segunda-feira, 4 de março de 2013

VEREADORES DA OPOSIÇÃO APRESENTAM PROJETO DE LEI, REGULAMENTANDO A CONCESSÃO DE AUXÍLIO FINANCEIRO A ESTUDANTE


Os vereadores MARIA DE JESUS(PC do B), NIELSON BATISTA(PCdoB) e HUMBERTO ALMEIDA(PPS), que fazem parte da bancada de oposição, apresentaram no mês de fevereiro Projeto de Lei, regulamentando a concessão de auxílio financeiro a estudante. Caso o referido Projeto se transforme em Lei, o Poder Público Municipal, somente poderá conceder auxílio financeiro, a estudantes oriundos da rede pública municipal, oriundos da rede privadas, desde que sejam bolsista, ou para aqueles cuja renda familiar seja inferior a 03 salários mínimos. O auxílio financeiro, tanto poderá usado para pagamento de mensalidade de curso de graduação, de curso técnico ou de cursinho pré – vestibular, como também para pagamento de moradia e transporte de alunos que residam em outros município. Pelo projeto de lei, caberá ao Chefe do Poder Executivo, através de Decreto Regulamentar a Lei, caso seja aprovada, estabelecendo os valores e os demais critérios para concessão ao auxílio financeiro. Os Edis oposicionista, acreditam contar com o apoio da maioria dos vereadores para aprovação do referido projeto.


Clique aqui e confira


PROJETO DE LEI QUE VISAVA BENEFICIAR PROFESSOR ALCIDES FORA REJEITADO NA CÂMARA DE VEREADORES


O Prefeito de Remanso, Dr. Celso, enviou recentemente a Câmara de Vereadores, o Projeto de Lei de n. 314/2013, solicitando que o mesmo tramitasse em regime de extrema urgência, visando a modificação do Art.   Lei Orgânica Municipal. O referido artigo, vedava ao Poder Público Municipal, transferir recursos municipais para com empresas privadas do ramo educacional. Com a modificação do citado artigo poderia o Município firmar convênio ou parcerias com empresas privadas que atuam no ramo educacional, podendo assim conceder bolsas de estudos para curso de graduação, pós graduação , curso de extensão e curso profissionalizante. O que mais chamou a atenção no Projeto de Lei é que o Município de Remanso somente poderia ser firmado parceria, com instituição de ensino, com sede em Remanso e com ensino presencial, razão do Projeto de Lei ter sido batizado Projeto de Lei Prof. Alcides, pois a  única instituição de ensino com curso superior que tem sede em Remanso e com aulas presenciais, é a UNIFAN de propriedade do referido professor, razão do nome dado ao Projeto por populares. Os vereadores da oposição, Humberto Almeida, Maria de Jesus e Nielson Batista, se posicionaram contra o conteúdo do Projeto que era discriminatório e percebendo uma impropriedade do mesmo, que visava modificar a Lei Orgânica, protestaram na sessão e derrubaram o referido Projeto de Lei, pois a Lei Orgânica deve ser alterada através de Proposta de Emenda e não através de Projeto de Lei. Os vereadores situacionista, não satisfeito com a derrota, apresentaram imediatamente uma Proposta de Emenda a Lei Orgânica, permitindo convênio do Poder Público Municipal, com qualquer entidade de ensino e não só com a UNIFAN, como desejava o sr. Prefeito, tendo o mesmo sido aprovado inclusive com os votos dos oposicionistas. O Orçamento do Municipal, já foi alterado pelo atual prefeito permitindo gastos anual no valor de R$ 1.500,000,00 (hum milhão e quinhentos mil reais) com gastos com entidades privadas de educação. 

Clique ampliar

Clique para ampliar



quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

DEPUTADO DANIEL ALMEIDA CONSEGUE CURSOS NO SENAI PARA SEREM REALIZADOS EM REMANSO

Está sendo realizado na Sociedade Beneficente de Operários, desde o dia 14 p.p. dois cursos ministrado pelo SENAI, curso de Eletricista e de Auxiliar de Administração. O Dep. Federal Daniel Almeida(PCdoB), atendendo solicitação de lideranças do Partido em Remanso, Marcos Palmeira, Hugo Régis, Vavá Costa e dos vereadores Nielson Campos, Maria de Jesus e Humberto Almeida, solicitou junto a Secretaria de Emprego e Renda do Estado os referidos cursos. O SENAI, Serviço Nacional da Indústria, é uma das mais respeitada entidades nacionais, razão de haver sido contratada pela secretaria estadual. O curso é inteiramente gratuito, com 22 alunos em cada turma e terão duração de 200 horas cada. Ao final do curso será fornecido certificado com validade nacional. Novos cursos são aguardados.

NEPOTISMO NA PREFEITURA DE REMANSO

Dr.Celso(PT), mau assumiu a Prefeitura de Remanso, resolveu logo contemplar sua família, nomeando para secretaria de educação sua esposa Maria Olívia Miranda e Souza, para secretaria de administração e finanças, nomeou seu irmão Arismar Silva e Souza, para Controlador Geral, nomeou seu tio por afinidade, sr. Viegas, esposo de sua tia Marisete Almeida, nomeou ainda, para Procuradoria Geral, sua prima por afinidade Carolina Braga Almeida, esposa de seu primo Dr. Pedro Almeida Filho. Todos estes cargos, são do primeiro escalão. Com esta atitude o neo Prefeito, já demonstrou com não irá seguir os ditames legais, pois já desobedeceu a Lei do Nepotismo, que veda a contratação de parentes de Chefe do Executivo.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

O povo diz sim a Marcos Palmeira e Renato Rosal: multidão na caminhada da Quadra 16



Mais uma vez o povo de Remanso demonstra que já fez a sua opção e veio prestigiar mais uma grande caminhada de Marcos Palmeira e Renato Rosal, desta vez nas quadras 12, 16 e 17. Esta terça-feira, 28/08, foi mais uma terça de lavar a alma. Muita gente se concentrou nas proximidades da caixa d’água da Quadra 16 para assistir a um vídeo com as propostas de governo de Marcos Palmeira que serão implantadas em Remanso a partir de janeiro de 2013.

Por volta das 20:00h a multidão saiu em caminhada pelas ruas da Quadra 16, seguindo com muita vibração para a Quadra 17 e depois para a Quadra 12. Como sempre a escuridão e o lixo foi uma constante, mas isso fez foi estimular mais ainda os moradores e correligionários de Marcos Palmeira. A multidão eufórica caminhou até a Quadra 12, na esquina da casa do candidato a vereador Lameuzinho, onde foram feitos os pronunciamentos.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012



A presença de mais de cinco mil pessoas no comício realizado na noite deste domingo por Marcos Palmeira, candidato de oposição, foi um balde de água fria no entusiasmo dos   correligionários do prefeito Zé Filho e potenciais eleitores de Doutor Celso.
Em uma estratégia para medir forças Marcos Palmeira montou o palanque na mesma rua em que foi realizado, semana passada, o comício de Dr. Celso. A diferença foi de 150 metros rua adentro, praticamente duplicando a área e, contra todas as expectativas e por ser domingo, Palmeira conseguiu lotar a rua inteira e ter, além disso,  mais de mil ouvintes que se aglomeraram na praça.
Diferente do prefeito, que trouxe deputados estaduais e federais, Marcos Palmeira, optou por contar apenas com seus próprios candidatos a vereador.   com o atual vice prefeito, Hugo Reges e com o ex-prefeito Renato Rosal, que com ele compõe  a chapa majoritária, para realizar o comício.
A presença de milhares de pessoas, com entusiasmo e, antes,  a disputa acirrada por bandeiras e adesivos, deixou entre espantado e cabisbaixo os simpatizantes do candidato do prefeito: “Parece que o Marcos cresceu demais” – resmungou um dos aliados, referendado por outro:  “Com tanta gente  parece que ele (Marcos)  vai ganhar”.
O sentimento de impotência e a derrubada do astral que mantiveram durante a semana depois do comício, realizado dia 12, é o sintoma evidente de que, hoje, mesmo ferrenhos adeptos do prefeito já duvidam da vitória de Dr. Celso.
Coligação A Caminho da Mudança em Remanso Fotos: Tovinho Reges.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Governador Jaques Wagner encontra-se com Marcos Palmeira em Casa Nova


Hugo Régis, Gov. Jaques Wagner e Marcos Palmeira: “Estivemos juntos nas eleições para governador e continuaremos na eleição para prefeito”. Foto: Tovinho Régis


Sábado, 21/07, o Governador Jaques Wagner encontra-se com Marcos Palmeira, candidato a prefeito de Remanso pelo PCdoB, no aeroporto de Casa Nova. Na oportunidade Marcos Palmeira recebeu o apoio do Governador e foram reforçados os compromissos assumidos na campanha de 2010. Wagner tem honrado sua palavra e afirma categoricamente que estará, nas eleições de 2012, ao lado daqueles que o ajudaram na eleição para o Governo do Estado, não dando espaço para os oportunistas de plantão: “Estarei do lado daqueles que comeram sol e poeira comigo nas últimas eleições”.



Hugo Régis, Wagner e Marcos Palmeira: “Apoio a quem comeu sol e poeira nas últimas 
eleições para governador”.


Ainda no aeroporto, Marcos Palmeira teve uma importante conversa com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Deputado Marcelo Nilo, que é companheiro de partido do candidato a vice-prefeito Renato Rosal (PDT). Em seguida, Marcos Palmeira, Hugo Régis e o Deputado Daniel Almeida encontraram-se com os candidatos a vereador do PCdoB de Casa Nova para discutir as eleições municipais de Remanso e de Casa Nova.



Marcos Palmeira, Marcelo Nilo (PDT) e o Vice-prefeito Hugo Régis – Aeroporto de Casa Nova.

sábado, 14 de julho de 2012

REMANSO PODERÁ TER CANDIDAURA ÚNICA PARA PREFEITO



No dia de hoje 14.07.2012 foi protocolado pela coligação “A CAMINHO DA MUDANÇA” junto a 67º Zona Eleitoral (Remanso) pedido de impugnação da candidatura de Dr.Celso Silva e Sousa e de toda sua coligação (JUNTOS POR REMANSO). Alega o impugnante em seu pedido que a coligação impugnada apresentou vários pedidos de registro de candidatura sendo que o último fora apresentado no dia 11.07.2012, por tanto, seis dias depois do prazo previsto para o registro de candidatura, sendo que neste último pedido a coligação impugnada modificou o nome da coligação e retirou da mesma o Partido Trabalhista Brasileiro – PTB que havia se coligado na eleição proporcional, e que constava nos pedidos anteriores de registro de candidatura e nas atas partidárias.
Conforme se observa no DivulgaCand o pedido de registro de candidatura da coligação JUNTO POR REMANSO é a do dia 11.07.2012.
Clique para ampliar


A procedência da impugnação atingirá não somente a candidatura de Dr. Celso como também todos os candidatos da coligação a vereadores da referida coligação, levando Remanso ter candidatura única a Prefeito.

terça-feira, 10 de julho de 2012

Daniel Almeida é o novo coordenador da bancada baiana na Câmara dos Deputados


O deputado federal Daniel Almeida (PCdoB) será o novo coordenador da bancada baiana na Câmara Federal, composta por 39 deputados, o lugar que era ocupado pelo colega Nelson Pelegrino (PT), que disputará a Prefeitura de Salvador. Todos os camaradas estão orgulhosos com ascendência do seu Deputado, particularmente o PCdoB de Remanso, está super feliz ao ver o seu Deputado Federal galgar mais um espaço político no cenário nacional. Parabéns Marcos Palmeira por escolhido um nobre deputado para nos representar na Câmara Federal.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Festa do Povo: PCdoB homologa candidatura de Marcos Palmeira para prefeito e Renato Rosal (PDT) para vice.


Uma grande participação popular deu o tom da convenção municipal do PCdoB em Remanso realizada durante todo o dia de sexta-feira, 29/06, na Sociedade Beneficente de Operários. Lideranças comunistas, representantes de vários partidos, filiados, simpatizantes do Partido e delegados confirmaram Marcos Palmeira (PCdoB) e Renato Rosal (PDT) para compor a chapa que vai disputar a Prefeitura de Remanso, numa coligação formada pelos partidos PCdoB, PDT, PSB, PPS, PSL, PP, PHS e PMDB (Coligação: “A Caminho da Mudança”).
Populares lotaram a sede da Sociedade Beneficente de Operários.
Durante todo o dia pessoas vindas de todas as partes da cidade, principalmente do interior do município, chegavam para confirmar o desejo de mudança que se espalha por todos os cantos da cidade. Foi um dia de muita alegria e festa e todos participaram cantando o jingle da campanha enquanto aguardavam o momento dos pronunciamentos. Foi neste clima que o PCdoB apresentou as suas chapas majoritária e proporcional e homologou as suas candidaturas para disputar a prefeitura e uma vaga para a Câmara de Vereadores de Remanso.
Renato Rosal e o presidente estadual do PCdoB, Dep.Federal Daniel Almeida.
O presidente do PCdoB em Remanso, Vavá Costa, foi o primeiro a falar e destacou a trajetória do partido no município e o crescimento que teve nos últimos anos, destacando a participação dos militantes nas eleições vitoriosas de Lula, Wagner e Dilma. “O povo de Remanso compreendeu o significado que as eleições de Lula, Wagner e Dilma tiveram para o Brasil e para a Bahia e o significado que a candidatura de Marcos Palmeira e Renato Rosal tem para mudar a situação de total descaso que a atual administração tem para com os remansenses”.
O presidente municipal do PCdoB, Vavá Costa, fala aos convencionais.
Várias lideranças políticas sucederam-se nos discursos e deram o tom político da festa. Falaram os candidatos a vereador pela coligação que vai apoiar Marcos Palmeira e Renato Rosal, o vice-prefeito Hugo Régis, o deputado federal e presidente do Comitê Estadual do PCdoB, Daniel Almeida, o candidato a vice-prefeito Renato Rosal e o candidato a prefeito Marcos Palmeira.

Vice-prefeito Hugo Régis
O atual vice-prefeito Hugo Régis (PCdoB) fez um breve relato da sua trajetória política antes da sua vinda para o Partido e falou da importância da vinda do grande líder popular Renato Rosal para compor a chapa de Marcos Palmeira, pela grande ligação que Rosal tem com o homem do campo. “Renato Rosal é um grande líder e sempre defendeu o projeto de desenvolvimento encabeçado por Lula e consolidado por Dilma no Brasil, por Wagner na Bahia e vai ajudar Marcos Palmeira a fazer o mesmo para Remanso” disse Hugo Régis.
Marcos Palmeira, Dep. Daniel Almeida e o vice-prefeito Hugo Régis.
Daniel Almeida
Nos últimos dias o presidente estadual do PCdoB, deputado federal Daniel Almeida, passou por um desgastante processo de negociação para definir a chapa de Nelson Pellegrino e Olívia Santana (PCdoB) para a prefeitura de Salvador. Até a manhã da sexta-feira, 29/06, Daniel Almeida participou intensamente das negociações, o que demandava total atenção do principal dirigente do Partido no Estado, mas nem por isso deixou de vir à convenção do PCdoB em Remanso, realizada no mesmo dia à tarde. “O Partido tem a eleição de Marcos Palmeira e Renato Rosal como uma das prioridades no Estado e não medirá esforços para que esta vitória se confirme em 7 outubro”, disse Daniel Almeida. Daniel falou ainda da maturidade de Marcos Palmeira e do PCdoB ao conseguir unir tantos partidos em uma coligação tão ampla e tão importante para efetivar as mudanças que Remanso necessita.
Renato Rosal fala pela primeira vez como vice de Marcos Palmeira.
Renato Rosal, o vice.
A consolidação de Renato Rosal (PDT) como candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Marcos Palmeira (PCdoB) encerra um processo vitorioso que une homens e mulheres do campo e da cidade A Caminho da Mudança. “Vamos abrir as portas da prefeitura para a população de Remanso voltar a participar das decisões que trarão a nossa cidade de volta para os trilhos do desenvolvimento”, disse Renato Rosal.
Marcos Palmeira, ao lado de Renato Rosal, de Daniel Almeida de de Hugo Régis.
Marcos Palmeira, para colocar Remanso A Caminho da Mudança
Durante todo o dia, sem intervalo nem para almoçar, Marcos Palmeira esteve presente na Convenção Municipal. Recebeu apoio de moradores de várias comunidades do interior e da sede do município. Cada um fazia questão de cumprimentá-lo pessoalmente.
Marcos Palmeira e Renato Rosal sendo cumprimentados pelo povo de Remanso.
Depois da fala de Renato Rosal foi a vez de Marcos Palmeira falar. Após cumprimentar os presentes, Marcos agradeceu o empenho do presidente estadual do PCdoB, o deputado federal Daniel Almeida, em participar do lançamento e homologação da sua candidatura a prefeito: “Deixou Salvador no auge das negociações para formar a chapa que vai concorrer à prefeitura para prestigiar a nossa Convenção”, disse Palmeira. Falou da coragem e da dedicação de Renato Rosal para se jogar de corpo e alma nesta campanha vitoriosa bem como dos compromissos que assume para com a população remansense. Ressaltou ainda que não medirá esforços para superar as dificuldades e trabalhar para fazer chegar aos mais necessitados, principalmente os que sofrem com os efeitos devastadores da seca, os recursos que são parcos, mas que sendo bem geridos são suficientes.
Marcos Palmeira falou ainda dos projetos para a área da saúde: “Vamos fazer os postos de saúde funcionarem como devem funcionar e lutaremos para trazer um hospital público para Remanso”; projetos para a área da educação, onde lutará incansavelmente para fazer chegar aos remansenses uma universidade pública e gratuita. Falou ainda da valorização do servidor público que até hoje não têm o seu plano de cargos e carreiras funcionando.
Marcos Palmeira e Renato Rosal aplaudidos pelo povo remansense.
A convenção contou com as presenças do presidente do Comitê Estadual do PCdoB, deputado federal Daniel Almeida, de dirigentes dos partidos da coligação “A Caminho da Mudança” (PCdoB, PDT, PSB, PPS, PSL, PP, PHS e PMDB) e de muitas outras lideranças comunitárias da sede e do interior do município.

Crédito das fotos: Tovinho Régis.

Cobertura fotográfica completa no Flickr: http://www.flickr.com/remanso65.

terça-feira, 26 de junho de 2012

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Moradores do Novo marcos protestam contra a péssima qualidade dos produtos da Cesta Básica distribuída pela prefeitura de Remanso.




Hoje pela manhã, 25/06, moradores do povoado do Novo Marcos, município de Remanso, Bahia, protestaram na Praça Manoel Firmo Ribeiro, na parte conhecida como Praça do Sutian, jogando no chão os produtos da cesta básica distribuída pela prefeitura. Segundo a senhora Vera, moradora do povoado do Novo Marcos, a secretária da Ação Social, Thelma Castelo Branco Clementino, juntamente com pré-candidatos a vereador, convocou moradores de todo o interior do município durante a semana passada para vir à prefeitura nesta segunda-feira para receber fichas que serviriam como senhas para pegar cesta básica no galpão da prefeitura (vejam foto), localizado na área industrial, na Rua José Dias Ribeiro.





Depois de receber as cestas e verificar o conteúdo, os moradores do Novo Marcos resolveram fazer o protesto revoltados com a péssima qualidade do feijão e do arroz – aparentavam produtos estragados. “Dona Thelma mandou chamar as pessoas do Marcos (povoado) pra ganhar cesta básica; quando nós chegamos aqui ganhamos esta imundície”, disse a moradora do Novo Marcos.  Outro morador completa: “…é comida pra dar a jumento, cavalo, cabra?…”




Senhas de Cesta Básica distribuídas pela Secretaria de Ação Social.


A revolta justifica-se, porque não é compreensível que verbas dos Governos Federal e Estadual destinadas para aquisição de produtos de boa qualidade sejam utilizadas para adquirir produtos “vencidos” ou “bichados”, como falaram alguns moradores. Segundo relataram os moradores do Novo Marcos, vários outros moradores devolveram as fichas quando perceberam a qualidade dos produtos que estavam sendo entregues.
É preciso mais respeito para com o povo sofrido do interior do nosso município.


Vejam mais algumas fotos:


Corredor que dá acesso à Secretaria de Ação Social.


Sala de acesso ao Gabinete do Prefeito de Remanso: à espera das senhas.

Produtos jogados ao chão: péssima qualidade. “Comida de bicho”.


Fila para pegar senha da Cesta Básica – Segunda-feira, 25 de junho de 2012.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Edital para convocação de Convenção Municipal do PCdoB







EDITAL PARA CONVOCAÇÃO DE CONVENÇÃO MUNICIPAL



Pelo presente, são convocados todos os Senhores Convencionais do PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL - PCdoB do Município de Remanso para se fazerem presentes e participarem da CONVENÇÃO MUNICIPAL, que se realizará no dia 29 do mês de junho do corrente ano de 2012, com início às 08:00 horas e término às 17:00 horas, na Sociedade Beneficente de Operários, sito à Rua Cel. José Castelo Branco s/n - Centro, nesta cidade, com a seguinte:

ORDEM DO DIA

a) Escolha, por voto direto e secreto, de candidatos do partido, para concorrerem, às eleições do dia 07 de outubro, aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores à Câmara Municipal;

b) Decidir sobre possíveis coligações com outros partidos;

c) Tratar de outros assuntos relacionados às eleições municipais.



Remanso/BA, 18 de junho de 2012





VALNEI DE OLIVEITA COSTA
Presidente do PCdoB – Remanso/BA